Cesta (0 Itens)
Sua cesta está vazia! Acesse nossas seções " Artesanatos " ou "Galeria de Obras" e conheça nossos produtos

Poesias

Roda Vida

roda vida
Que idéia é essa,
que entorna o caldo,
derrama o mel,
quebra a vidraça,
que de repente passa
e me entorta a cabeça?

Que idéia é essa,
que chega descalça,
cabelos ao vento,
o peito desnudo,
que desacata tudo
e me vira às avessas?

Que idéia é essa?
Não importa.
Que chegue fazendo barulho,
afastando o entulho,
batendo panela.
Olhem pelas portas e janelas:
o cata-vento está de pernas para o ar.
São idéias novas que põem o mundo pra rodar.

 

Autor: Flora Figueiredo

CompartilharEmail this to someoneShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+